5 estratégias para reduzir a taxa de rejeição

A taxa de rejeição é um índice importante, mesmo sem impactar seu posicionamento no Google.
Mas o que é possível fazer para melhorar esse índice?
Depende.
Fique calmo, eu já te explico o porquê dessa resposta.

Estratégias de marketing para medir a taxa de rejeição 

A taxa de rejeição, embora se apresente para nós como um índice negativo (ninguém gosta de se sentir rejeitado), nem sempre é de fato. É fundamental uma análise cuidadosa para determinar suas causas e necessidades de mudanças.
Para um blog, por exemplo, que trabalhe com o modelo clássico de postagens apresentadas em sua página de entrada, ter uma taxa de rejeição acima dos 70% pouco significa.
Isso se dá pelo fato de seu conteúdo principal estar ali ao alcance de todos sem a necessidade de se clicar em um link.
Nesses casos, o tempo de permanência seria muito mais significativo. A média de tempo de navegação curta poderia indicar que as pessoas não tiveram interesse pelos textos ou não leram até o fim.
Mas, se sua estratégia de marketing por criar conteúdos relevantes e seu visitante clicar e preencher um formulário para baixar um e-book, a taxa de rejeição é algo a se preocupar.
Por que isso acontece? Alguns dos motivos são:

  • O conteúdo é desinteressante;
  • Falta de um call-to-action claro;
  • Design confuso.

Para um e-commerce, taxas de rejeição acima de 20%, podem significar desde os problemas citadas acima ou valores elevados dos produtos que afastam os potenciais clientes.
A melhor forma de descobrir o que está causando esses índices é cruzar essas informações e realizar testes por um período e, assim, analisar cuidadosamente os resultados, pautados pelas estratégias de marketing escolhidos e objetivos colocados.
O mundo digital é fascinante e desafiador. Sem dúvida há fórmulas prontas que podemos seguir como base. Mas cada caso é um caso, para cada empreendimento funciona melhor diferentes ações.
Abaixo algumas características que podem contribuir para diminuir o índice de rejeição.

5 dicas que contribuem para reduzir a taxa de rejeição

5 estratégias para reduzir a taxa de rejeição

  1. Tenha conteúdo relevante, atualizado e que possa ser lido com facilidade, seja em telas de computador ou smartphones.
  2. Cuidados com o design. Nem sempre aquela inovação incrível é funcional. Além da beleza, a usabilidade, a capacidade de encontrar facilmente as informações e a velocidade no carregamento de páginas são fundamentais.
  3. Insira botões de ações, os conhecidos call-to-action. Quer que um visitante clique em algum lugar? Peça e instigue essa ação para que ele saiba que vai ter mais informações valiosas?
  4. Não sobrecarregue seu site com pop-ups e propagandas que direcionam a outras páginas.
  5. Utilize palavras-chaves relacionadas ao conteúdo e meta descrições atrativas. Essas ações que podem contribuir para seu resultado.

A melhoria no índice das taxas de rejeição vai depender dessa análise cuidadosa. Ela ajuda a entender motivo, razão e circunstância de cada comportamento para que seja possível realizar mudanças.
Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais! Ficou alguma dúvida? Deixe um comentário, nós vamos responder mais rápido que a Millenium Falcon!
Que a força esteja com você!

você pode gostar também