Utilizando Hiperpersonalização no Marketing para Fazer Conexões Profundas

Utilizando Hiperpersonalização no Marketing para Fazer Conexões Profundas

Hiperpersonalização no marketing

​Uma das principais estratégias que os profissionais de marketing estão utilizando atualmente é a hiperpersonalização no marketing. A hiperpersonalização no marketing é o processo de criar mensagens altamente relevantes para um indivíduo, com base em dados demográficos, comportamentais e/ou psicológicos.

A hiperpersonalização está se tornando cada vez mais importante, à medida que a concorrência aumenta e os consumidores ficam cada vez mais exigentes. As empresas precisam se destacar e se conectar com os seus clientes de maneiras que sejam relevantes para eles.

A hiperpersonalização no marketing pode ser utilizada em diversas áreas do marketing, tais como:

– Mensagens de e-mail marketing;
– Anúncios online;
– Conteúdo personalizado;
– Recomendações de produtos;
– Ofertas especiais.

Existem diversas maneiras de personalizar as mensagens para os seus clientes. Aqui estão algumas dicas:

– Use o nome do cliente na mensagem;
– Segmente a base de clientes para enviar mensagens mais relevantes;
– Crie conteúdo personalizado com base nas preferências do cliente;
– Ofereça promoções exclusivas para os clientes VIP;
– Recomende produtos com base no histórico de compras do cliente.

A hiperpersonalização no marketing e na comunicação é uma ótima maneira de fazer com que as suas mensagens sejam relevantes para o seu público-alvo. No entanto, é importante lembrar que o excesso de hiperpersonalização pode ter o efeito oposto e afastar os seus clientes. Portanto, é importante encontrar o equilíbrio certo.

O que É Hiperpersonalização no Marketing?

​A hiperpersonalização é a nova tendência do marketing e ela está aí para ficar. O que é hiperpersonalização? Basicamente, é o processo de criar experiências extremamente personalizadas para o seu público-alvo. Isso significa que você está sempre um passo à frente, oferecendo ao seu cliente exatamente o que ele precisa, quando precisa.

Mas como fazer isso? Bem, há várias maneiras de se personalizar a sua abordagem de marketing, e vou listar algumas das mais eficazes aqui:

1. Ofereça suporte individualizado

O suporte individualizado é uma ótima maneira de se aproximar do seu público. Isso significa que, em vez de simplesmente oferecer suporte técnico ou de atendimento ao cliente, você também está sempre disposto a ajudar o seu cliente com qualquer problema que ele possa ter.

Isso mostra que você realmente se importa com o seu cliente e está disposto a fazer o que for preciso para ajudá-lo. Além disso, isso também ajudará você a se destacar da concorrência, que provavelmente não estará oferecendo esse tipo de suporte.

2. Crie conteúdo personalizado

Outra ótima maneira de se aproximar do seu público é criando conteúdo personalizado para ele. Isso significa criar conteúdo que seja relevante para o seu público-alvo e que esteja de acordo com as suas necessidades.

Você pode fazer isso criando blog posts, e-books, infográficos, vídeos e até mesmo podcasts personalizados para o seu público. Isso mostrará que você realmente se preocupa em fornecer conteúdo valioso para o seu público, e isso fará com que os leia, assistam ou ouçam com mais atenção.

3. Ofereça descontos personalizados

Outra maneira de se aproximar do seu público é oferecendo descontos personalizados para ele. Isso significa criar descontos que sejam relevantes para o seu público-alvo e que esteja de acordo com as suas necessidades.

Você pode fazer isso criando cupons de desconto, ofertas exclusivas e até mesmo programas de recompensa personalizados para o seu público. Isso mostrará que você está sempre disposto a oferecer um bom desconto para o seu público, e isso poderá fazer com que ele volte mais vezes para comprar de você.

4. Use as redes sociais para se conectar com o seu público

As redes sociais são uma ótima maneira de se conectar com o seu público. Isso porque elas permitem que você crie conteúdo relevante para o seu público-alvo e que esteja de acordo com as suas necessidades.

Além disso, as redes sociais também permitem que você interaja diretamente com o seu público, o que é ótimo para construir relacionamentos duradouros. Você pode usar as redes sociais para criar grupos, enviar mensagens diretas, fazer perguntas e até mesmo para fazer promoções e ofertas exclusivas para o seu público.

5. Crie um programa de fidelidade personalizado

Um programa de fidelidade personalizado é uma ótima maneira de recompensar o seu público por ser leal à sua marca. Isso significa criar um programa que seja relevante para o seu público-alvo e que esteja de acordo com as suas necessidades.

Você pode criar um programa de fidelidade que ofereça descontos exclusivos, pontos de recompensa, brindes surpresa e até mesmo experiências únicas para o seu público. Isso mostrará que você realmente se importa com o seu público e está disposto a recompensá-lo por sua lealdade.

Benefícios de Utilizar a Hiperpersonalização no Marketing

​O marketing hiperpersonalizado está se tornando cada vez mais popular, e é fácil entender por quê. A hiperpersonalização permite que as marcas se conectem de maneira mais significativa com os seus clientes, oferecendo experiências personalizadas que são extremamente relevantes para eles. Isso não só ajuda as marcas a se destacarem em meio à concorrência, como também aumenta as chances de os clientes fazerem compras.

A hiperpersonalização no marketing é possível graças às tecnologias de Big Data e machine learning, que permitem que as marcas coletem, armazenem e analisem dados em massa sobre seus clientes. Com esses dados, as marcas podem criar perfis extremamente detalhados dos seus clientes, compreendendo suas necessidades, desejos e preferências. Isso permite que as marcas ofereçam experiências personalizadas que são extremamente relevantes para os seus clientes.

Além disso, a hiperpersonalização também ajuda as marcas a criar relacionamentos mais profundos com os seus clientes. Ao oferecerem experiências personalizadas, as marcas demonstram que se preocupam com os seus clientes e estão dispostas a oferecer o que há de melhor para eles. Isso ajuda a criar laços mais fortes entre as marcas e os seus clientes, o que pode levar a maiores taxas de fidelidade e mais compras no futuro.

Enquanto isso, a hiperpersonalização também pode ajudar as marcas a economizar tempo e dinheiro. Ao oferecerem experiências mais personalizadas, as marcas podem evitar o desperdício de tempo e dinheiro com marketing de massa que acaba não sendo relevante para os seus clientes. Além disso, a hiperpersonalização também pode ajudar as marcas a alcançarem os seus clientes em momentos mais oportunos, o que pode resultar em mais vendas.

Com todos esses benefícios, fica evidente porque a hiperpersonalização no marketing está se tornando cada vez mais popular. As marcas que desejam se destacar em meio à concorrência e criar relacionamentos mais profundos com os seus clientes precisam considerar a hiperpersonalização como uma das suas estratégias principais.

Estabelecendo Conexões Autênticas por meio da Hiperpersonalização no Marketing

​No marketing, a hiperpersonalização é uma técnica que visa fornecer ao consumidor uma experiência altamente personalizada com base em seus dados pessoais. Diferentemente da personalização, que se baseia em um ou dois critérios, a hiperpersonalização considera múltiplos fatores para fornecer ao indivíduo uma mensagem totalmente personalizada.

A hiperpersonalização está se tornando cada vez mais importante à medida que os consumidores exigem experiences mais relevantes e envolventes. De acordo com um recente estudo, mais de 80% dos consumidores afirmam que são mais propensos a comprar de uma marca que oferece experiências personalizadas.

A hiperpersonalização pode ser usada em várias etapas da jornada do cliente, desde o primeiro contato até a pós-venda. Aqui estão algumas maneiras pelas quais as marcas podem usar a hiperpersonalização para estabelecer conexões mais profundas e duradouras com seus clientes.

1. Oferecer descontos personalizados

As pessoas adoram receber descontos, e isso não mudou com a pandemia do coronavírus. De acordo com um recente estudo, mais de 60% dos consumidores disseram que os descontos são um dos principais motivos para comprar online.

As marcas podem usar a hiperpersonalização para oferecer descontos ou cupons personalizados para os clientes. Isso pode ser feito usando as informações que você tem sobre o cliente, como seu histórico de compras, localização, dados demográficos e outros.

Além de oferecer descontos, as marcas também podem usar a hiperpersonalização para enviar ofertas personalizadas para os clientes. Por exemplo, uma marca de roupas pode enviar uma oferta de um determinado produto para um cliente que se encaixa na categoria de tamanho ou cor que ele/ela normalmente compra.

2. Criar anúncios personalizados

Os anúncios personalizados são uma ótima maneira de gerar interesse e envolvimento do cliente. As marcas podem usar a hiperpersonalização para criar anúncios personalizados que sejam relevantes para o cliente e para a jornada do cliente.

Por exemplo, uma marca pode criar um anúncio personalizado para um cliente que está no início da jornada do cliente e mostrar o anúncio apenas para esse cliente. Esse anúncio pode conter um desconto para o primeiro produto que o cliente comprar ou uma oferta especial para um produto que o cliente está interessado.

3. Enviar mensagens personalizadas

As mensagens personalizadas são uma ótima maneira de estabelecer uma conexão com o cliente e fazer com que ele/ela se sinta especial. As marcas podem usar a hiperpersonalização para enviar mensagens personalizadas para os clientes em diferentes etapas da jornada do cliente.

Por exemplo, uma marca pode enviar uma mensagem de boas-vindas para um novo cliente e mostrar o produto que ele/ela está interessado. Além disso, uma marca também pode enviar uma mensagem de fidelidade para um cliente que comprou recentemente e oferecer um desconto para a próxima compra.

4. Criar conteúdo personalizado

O conteúdo personalizado é uma ótima maneira de manter o cliente interessado e envolvido com a marca. As marcas podem usar a hiperpersonalização para criar conteúdo personalizado que seja relevante para o cliente e para a jornada do cliente.

Por exemplo, uma marca pode criar um guia personalizado para um novo cliente e mostrar o guia apenas para esse cliente. Esse guia pode conter informações sobre os produtos da marca, as promoções atuais e outras informações relevantes para o novo cliente.

5. Oferecer suporte personalizado

Oferecer suporte personalizado é uma ótima maneira de fazer com que os clientes se sintam valorizados e especiais. As marcas podem usar a hiperpersonalização para oferecer suporte personalizado para os clientes em diferentes etapas da jornada do cliente.

Por exemplo, uma marca pode oferecer suporte personalizado para um cliente que está tendo problemas com um produto. Além disso, uma marca também pode oferecer suporte personalizado para um cliente que está interessado em um produto e pode mostrar o produto para ele/ela.

Integrando Dados para Obter Melhores Resultados com Hiperpersonalização

​Os dados são cada vez mais valiosos para as empresas, e a hiperpersonalização é uma das estratégias mais eficazes para tirar o máximo proveito dos dados. A hiperpersonalização é o processo de criar experiências personalizadas para cada cliente, baseadas em seus dados pessoais e de comportamento.

Uma das principais vantagens da hiperpersonalização é a capacidade de aumentar significativamente as taxas de conversão. Isso ocorre porque, quando os clientes se sentem valorizados e que suas necessidades estão sendo atendidas de maneira personalizada, eles estão mais propensos a converter. Além disso, a hiperpersonalização também pode ajudar a fidelizar os clientes, uma vez que eles se sentirão mais leais às marcas que os atendem de maneira personalizada.

A hiperpersonalização é possível graças aos avanços da tecnologia, que permitem que as empresas recolham e analisem grandes volumes de dados. Com os dados, as empresas podem obter insights valiosos sobre os seus clientes e, assim, criar experiências personalizadas para atender às suas necessidades.

Para obter os melhores resultados com a hiperpersonalização, é importante integrar os dados de diversas fontes. Isso permite que as empresas tenham uma visão mais completa dos seus clientes e, assim, criem experiências mais relevantes e personalizadas. Além disso, a integração de dados também facilita a criação de segmentações mais precisas, o que também pode aumentar significativamente as taxas de conversão.

Para integrar os dados, as empresas devem utilizar uma plataforma de marketing integrada. A plataforma deve ser capaz de reunir os dados de diversas fontes e permitir que as equipes de marketing criem segmentações precisas. Além disso, a plataforma também deve fornecer ferramentas para criar e executar campanhas de hiperpersonalização.

Uma das plataformas mais completas para integração e hiperpersonalização de dados é o Google Marketing Platform. A plataforma reúne os dados do Google Analytics, DoubleClick e AdWords e permite que as equipes de marketing criem campanhas personalizadas para atender às necessidades dos seus clientes.

A hiperpersonalização é uma estratégia cada vez mais utilizada pelas empresas para aumentar as taxas de conversão. Para obter os melhores resultados com a hiperpersonalização, é importante integrar os dados de diversas fontes. A Google Marketing Platform é uma das plataformas mais completas para integração e hiperpersonalização de dados.

Estabelecendo Pontes Entre a Marca e o Consumidor com Hiperpersonalização

​Desde a criação da World Wide Web, a forma como as empresas se relacionam com os seus clientes tem sido completamente transformada. A web 2.0 trouxe consigo uma nova era de interação e comunicação, onde as marcas podem estabelecer um diálogo direto com os seus consumidores.

A hiperpersonalização é uma das estratégias mais poderosas para as marcas que desejam se aproximar dos seus clientes e estabelecer uma relação de confiança. Com a hiperpersonalização, as marcas podem oferecer aos seus clientes um conteúdo relevante e personalizado, de acordo com o seu histórico de interações e comportamentos.

A hiperpersonalização permite que as marcas criem um vínculo mais forte com os seus clientes, além de aumentar a taxa de conversão e o valor da carteira de clientes. No entanto, é importante notar que a hiperpersonalização só é possível através de um conhecimento profundo dos hábitos e preferências dos clientes.

Uma das principais vantagens da hiperpersonalização é a capacidade de criar conteúdos personalizados para diferentes segmentos de clientes. Isso permite que as marcas ampliem o alcance do seu marketing e cheguem a um público mais amplo.

Outra vantagem da hiperpersonalização é a possibilidade de aumentar o valor do ticket médio. Com a hiperpersonalização, as marcas podem oferecer produtos e serviços mais relevantes para o cliente, o que aumenta a probabilidade de ele realizar uma compra.

Por fim, a hiperpersonalização também ajuda as marcas a fidelizarem os seus clientes. Com uma estratégia bem elaborada, as marcas conseguem criar um laço emocional com o seu público, fazendo com que ele se identifique com a marca e se torne um cliente leal.

A hiperpersonalização é uma estratégia indispensável para as marcas que desejam alcançar o sucesso nos dias de hoje. Com um conhecimento profundo dos seus clientes, as marcas podem oferecer um conteúdo relevante e personalizado, aumentando assim a taxa de conversão e o valor da carteira de clientes.

Conheça Seus Clientes para Uma Experiência de Hiperpersonalização Mais Eficaz

​Os marketeres estão sempre em busca de um nível mais elevado de personalização e relevância para os seus clientes e potenciais clientes. A hiperpersonalização é o próximo nível de personalização, onde os marketeres podem usar as informações que eles já têm sobre um cliente para criar uma experiência totalmente personalizada.

A hiperpersonalização é possível graças aos avanços tecnológicos que permitem que as empresas coletem e armazenem dados em massa. As plataformas de marketing também estão se tornando mais sofisticadas, o que significa que os marketeres têm mais ferramentas à sua disposição para personalizar as mensagens e as experiências dos clientes.

Embora a hiperpersonalização seja uma estratégia altamente eficaz, ela só funcionará se os marketeres realmente conhecerem seus clientes. Isso significa ter uma compreensão profunda de suas necessidades, desejos e motivações. Sem esse conhecimento, os marketeres não serão capazes de criar mensagens ou experiências verdadeiramente relevantes e personalizadas.

Para obter esse tipo de conhecimento, os marketeres devem estar sempre buscando novas formas de se connectar com seus clientes. Isso pode incluir a realização de pesquisas, a criação de grupos de discussão e o estímulo da interação nas redes sociais. Também é importante monitorar as tendências do mercado e da indústria para compreender melhor como os seus clientes estão mudando e o que isso significa para as suas necessidades.

A hiperpersonalização é uma estratégia de marketing altamente eficaz, mas para que ela funcione é crucial que os marketeres realmente compreendam seus clientes. Isso significa ter uma compreensão profunda de suas necessidades, desejos e motivações. Sem esse conhecimento, os marketeres não serão capazes de criar mensagens ou experiências verdadeiramente relevantes e personalizadas.

Desafios Potenciais da Hiperpersonalização no Marketing

​Desafios Potenciais da Hiperpersonalização no Marketing

A hiperpersonalização é uma estratégia de marketing que visa criar experiências personalizadas e únicas para cada cliente. Embora esta abordagem possa trazer alguns benefícios significativos, também pode apresentar alguns desafios. Aqui estão alguns dos principais desafios potenciais da hiperpersonalização no marketing:

1. Custos elevados

Implementar uma estratégia de hiperpersonalização pode ser custoso, especialmente para as pequenas empresas. É preciso ter um sistema de tecnologia avançada para coletar e analisar os dados dos clientes e, em seguida, criar experiências personalizadas. Além disso, é preciso ter pessoal qualificado para executar a estratégia. Tudo isso pode custar muito dinheiro.

2. Privacy Concerns

Uma das principais preocupações em relação à hiperpersonalização é a privacidade. Como as empresas coletam e usam dados pessoais dos clientes para criar experiências personalizadas, há um risco real de vazamento de informações. Se os dados dos clientes caírem nas mãos erradas, eles podem ser usados ​​para fins maliciosos, como fraudes e extorsões. Isso pode causar muito estresse e dor para os clientes afetados.

3. Pode não funcionar para todos

Embora a hiperpersonalização possa funcionar para alguns clientes, ela pode não funcionar para outros. Algumas pessoas podem não gostar de ser tratadas de forma muito individualizada e podem preferir uma abordagem mais genérica. Outras podem achar que a hiperpersonalização é invasiva ou creepy. Se a sua empresa não souber como lidar com esses clientes, pode acabar perdendo-os.

4. Pode levar ao marketing de exclusão

Uma das principais críticas à hiperpersonalização é que ela pode levar à exclusão de certos grupos de pessoas. Por exemplo, se uma empresa está criando experiências personalizadas apenas para os clientes mais valiosos, isso pode excluir aqueles que não estão no topo da lista. Isso pode criar problemas de relacionamento com os clientes excluídos e danos à marca.

5. Pode criar expectativas irreais

Outro desafio potencial da hiperpersonalização é que ela pode criar expectativas irreais nos clientes. Por exemplo, se um cliente receber um presente personalizado da sua empresa, ele poderá esperar que toda a sua experiência seja personalizada da mesma forma. Se isso não acontecer, ele pode ficar decepcionado e até mesmo frustrado. Isso pode levar a uma queda na satisfação do cliente e no valor da marca.

Como você pode ver, a hiperpersonalização no marketing pode apresentar alguns desafios significativos. No entanto, se você for cuidadoso e tiver um bom plano, poderá superar esses desafios e usufruir dos benefícios da hiperpersonalização.

Use Diversas Ferramentas para Alcançar Melhores Resultados

​As ferramentas de marketing evoluíram ao longo dos anos e, com elas, o modo como os profissionais de marketing atingem seus objetivos. Atualmente, com a popularidade das mídias sociais, é possível usar várias ferramentas para alcançar melhores resultados.

A hiperpersonalização é uma das principais estratégias de marketing que estão sendo usadas hoje. Com ela, você pode criar mensagens e conteúdos totalmente personalizados para o seu público-alvo. Isso é possível graças às ferramentas de automação de marketing, que permitem segmentar o público e enviar conteúdos específicos para cada um.

Além da hiperpersonalização, outras estratégias de marketing que estão em alta são o marketing de influência, o marketing de conteúdo e o marketing de busca. Para alcançar os melhores resultados, é importante usar todas essas estratégias de forma integrada.

O marketing de influência consiste em utilizar influenciadores para promover seus produtos ou serviços. Essa é uma estratégia muito eficaz, pois os influenciadores têm um grande poder de influência sobre seus seguidores.

O marketing de conteúdo consiste em criar e distribuir conteúdos que sejam relevantes para o seu público-alvo. Esse tipo de marketing é muito eficaz na geração de leads, pois os conteúdos ajudam a despertar o interesse dos potenciais clientes.

Por fim, o marketing de busca é uma estratégia muito importante para colocar o seu site nas primeiras posições do Google. Isso é possível graças à otimização de conteúdo e à utilização de palavras-chave adequadas.

Para alcançar os melhores resultados, é importante usar todas essas ferramentas de marketing de forma integrada. Isso permitirá que você crie uma estratégia mais completa e eficaz para alcançar seus objetivos.

Como Maximizar o Sucesso com Hiperpersonalização no Marketing

​Hiperpersonalização no Marketing: Como Maximizar o Sucesso

A hiperpersonalização é uma estratégia de marketing que visa criar experiências altamente personalizadas e relevantes para os indivíduos. Ela é baseada em dados e insights sobre o público-alvo, o que a torna extremamente eficaz. A hiperpersonalização está se tornando cada vez mais importante para as empresas que desejam maximizar o sucesso em seus esforços de marketing.

A hiperpersonalização permite que as empresas entendam melhor seus clientes e atendam às suas necessidades de maneira mais eficaz. Isso é possível por meio de tecnologias avançadas, como Big Data e inteligência artificial, que permitem a coleta e análise de dados em grande escala. Com base nas informações coletadas, as empresas podem criar experiências personalizadas para os seus clientes.

A hiperpersonalização está se tornando cada vez mais importante devido à crescente concorrência no mercado. As empresas estão buscando cada vez mais maneiras de se diferenciar e de se destacar da concorrência. A hiperpersonalização é uma ótima maneira de fazer isso, pois permite que as empresas ofereçam experiências totalmente personalizadas e relevantes para os seus clientes.

No entanto, é importante notar que a hiperpersonalização não deve ser feita de maneira exagerada ou forçada. Se os clientes perceberem que estão sendo hiperpersonalizados de maneira invasiva ou intrusiva, isso pode afetar negativamente a imagem da marca. Por isso, é importante que as empresas que utilizam a hiperpersonalização em seus esforços de marketing estejam atentas a não exagerar.

Para maximizar o sucesso com a hiperpersonalização no marketing, as empresas devem investir em tecnologias avançadas de coleta e análise de dados. Além disso, é importante ter um bom conhecimento do público-alvo e entender o que ele realmente quer e precisa. Por fim, é crucial não exagerar na hiperpersonalização, pois isso pode afetar negativamente a imagem da marca.

Conclusão – Utilizando Hiperpersonalização no Marketing para Fazer Conexões Profundas

​Quando os consumidores são tratados como indivíduos, e não como um grande grupo, eles se sentem especiais. Eles se sentem valorizados e, consequentemente, ficam mais propensos a comprar de uma empresa que os reconhece como um indivíduo. A hiperpersonalização é uma ótima maneira de fazer com que os consumidores se sintam especiais e, assim, criar conexões profundas com eles.

A hiperpersonalização pode ser implementada de diversas maneiras. Uma das maneiras é oferecer produtos personalizados, como camisetas personalizadas com o nome do cliente. Outra forma de hiperpersonalização é enviar e-mails personalizados para os clientes, com base nas suas preferências e histórico de compras. Além disso, a hiperpersonalização pode incluir o envio de presentes personalizados para os clientes em datas especiais, como aniversário.

A hiperpersonalização é uma ótima maneira de fazer com que os clientes se sintam especiais e, consequentemente, fidelizá-los. Além disso, a hiperpersonalização ajuda a construir confiança e credibilidade entre a empresa e o cliente. Por meio da hiperpersonalização, as empresas podem criar conexões profundas com os seus clientes e, assim, aumentar as vendas.

Obrigado por acompanhar este artigo até o fim. Esperamos que estas dicas o ajudem a criar uma landing page poderosa e eficaz. Se tiver alguma dúvida ou quiser compartilhar o seu progresso conosco, não hesite em entrar em contato. Estamos aqui para ajudar!

Boa sorte na sua jornada digital e até a próxima!

Podemos te ajudar com Geração de Leads Qualificados e com estratégias de marketing que funcionam para o seu negócio!
Entre em contato pelo chat lateral ou envie um whatsapp para o BOSS! 11 97168 8808 ou envie um e-mail para contato@centoevinte.com.br.
Será um prazer atendê-lo!

Assuntos Relacionados...

3 objetivos do Marketing de Conteúdo + fórmula infalível

3 objetivos do Marketing de Conteúdo + fórmula infalível

Você já conhece ou traçou seus objetivos do Marketing de Conteúdo? Esqueça as modinhas e se torne viral. É só se concentrar nessas ideias que vamos passar aqui! É bem provável que você já saiba

Entenda o momento do usuário no funil de conversão

Entenda o momento do usuário no funil de conversão

Via: Mitrah| www.mitrah.com.br O funil de conversão para o marketing digital é uma técnica muito útil que possibilita às empresas compreenderem com qual tipo de envolvimento o consumidor chega até elas. Ao avaliar o nível

Para aprender programação em qualquer idade e em qualquer lugar

Para aprender programação em qualquer idade e em qualquer lugar

Via: A rede | www.arede.inf.br O ensino da lógica e linguagem de programação no ambiente escolar possibilita oferecermos aprendizagem, metodologias e práticas pedagógicas mais inovadoras. Contribui para repensarmos nosso trabalho em sala de aula, as

Dez tendências de TI para 2016, segundo o Gartner

Dez tendências de TI para 2016, segundo o Gartner

Via: CIO | www.cio.com.br Consultoria aponta conceitos que afetarão os planos, os programas e as iniciativas das empresas a partir do próximo ano O Gartner ativou sua bola de cristal e liberou previsões tecnológicas para

Migração de plataforma: UPGRADE sem perdas!

Migração de plataforma: UPGRADE sem perdas!

Quando temos uma loja virtual é comum atualizarmos o sistema para seguir o mercado digital. Assim como trocar de carro anualmente pode ser uma vantagem, com o crescimento da loja, mudar de plataforma também. A

Redução Progressiva – O que é e para quê serve

Redução Progressiva – O que é e para quê serve

A Redução Progressiva é um componente complexamente detalhista e essencial para a comunicação digital, entenda como a redução progressiva pode contribuir para a sua identidade visual A internet hoje é a maior fonte de conteúdo

Por que minha empresa deve investir em Inbound Marketing?

Por que minha empresa deve investir em Inbound Marketing?

Via StartSe |https://conteudo.startse.com.br “Se você tem mais dinheiro que cérebro, deve focar em marketing de interrupção. Se tem mais cérebro que dinheiro, deve focar em Inbound Marketing.” Inbound Marketing é um dos temas mais falado

Conversão de e-mail marketing

Conversão de e-mail marketing

Entenda como o e-mail marketing e outros serviços de e-mail podem alavancar a autoridade da sua empresa na internet e como funciona a conversão de e-mail no inbound marketing Há algum tempo atrás se ouviam

Inbound Marketing – Como Mapear Conteúdo para a Jornada do Cliente

Inbound Marketing – Como Mapear Conteúdo para a Jornada do Cliente

Via Vitaminha Publicitária | www.vitaminapublicitaria.com.br 93% dos processos de compra começam com uma busca online. O Inbound Marketing é justamente a estratégia de oferecer o conteúdo certo para quando estes 93% de consumidores procurarem pelo

Funil de vendas e o conteúdo original

Funil de vendas e o conteúdo original

O conteúdo original dentro do marketing é importante. Ele influencia na venda diretamente através do seu conhecimento. A ideia do funil de vendas não é um conceito novo, mas no inbound marketing foi adaptado e renovado.

Como tornar seu conteúdo mais atrativo?

Como tornar seu conteúdo mais atrativo?

Via Abradi-SC | www.abradi-sc.com.br Dentre todas as estratégias de marketing digital, a criação de conteúdo tem ganhado destaque nos últimos meses. Notamos que a produção de conteúdo atrativo para o leitor tem tido retorno esperado,

4 vantagens do inbound marketing

4 vantagens do inbound marketing

O marketing digital está mudando de forma que o inbound marketing está dominando o mercado online. Entenda mais neste artigo. O marketing é algo tão presente em nosso cotidiano que permite uma interação direta com suas