Gatilhos mentais do marketing de conteúdo

Deixe seu comentário

Gatilhos mentais do marketing de conteúdo 2 O marketing de conteúdo é cada vez mais procurado por empresas que precisam melhorar o seu relacionamento com os seus clientes. O motivo para isso é muito simples: produzir conteúdo gera ENGAJAMENTO. A produção de conteúdo original e relevante é uma estratégia eficaz para atrair novos clientes, converter clientes em potencial e fidelizar clientes que consomem a sua marca. Para gerar este tipo de conteúdo, os gatilhos mentais cumprem um papel crucial na comunicação.

Marketing de conteúdo: o que são gatilhos mentais? 

Quando produzimos um conteúdo voltado ao marketing, nossa intenção é prender atenção de nossa audiência e “pregar” os objetivos da nossa empresa. Essa ação gera conversão: assinar uma newsletter, baixar um e-book, compartilhar uma publicação, curtir uma página ou mesmo comprar um produto ou serviço. Para conseguir esse efeito, utilizar os gatilhos mentais é mais do que recomendado; é necessário. Podemos definir os gatilhos como um conjunto de técnicas de persuasão que agem nos aspectos emocionais, intuitivos e sociais presentes em cada um de nós. Separamos alguns dos principais gatilhos emocionais que devem fazer parte da sua estratégia de marketing, com alguns exemplos práticos para começar a utilizá-los hoje mesmo e colher os resultados!

Principais gatilhos mentais do marketing de conteúdo

  • Gatilho da Autoridade: 

Já reparou como tendemos a escutar aquele que em nossas cabeças são os detentores de autoridade? A figura da autoridade gera respeito, admiração, confiança. Quando seu negócio tem autoridade perante seus clientes, os resultados são alcançados com maior facilidade. E como conquistar autoridade na internet? Publicando conteúdo. Seja vídeo, texto ou áudio. Porém este conteúdo deve mostrar que a sua empresa entende daquilo que está vendendo. Se você parar para pensar, uma das figuras de autoridade que você mais respeitou na sua vida tem um nome: professor(a). A partir do momento que a sua marca publica conteúdo, passa a ser vista como referencia em um determinado assunto.
  • Gatilho da emoção: 

Palavras são mais que palavras. Quando lemos ou ouvimos um gatilho mental de emoção, sentimos de fato aquela sensação ou sentimentos descritos. Exemplo: “Que empreendedor nunca sentiu aquela alegria genuína quando os resultados saem melhor que o esperado? A sensação de vitória e de chegar lá estimula o próximo passo…” Aqui é preciso especialmente dois cuidados: que a emoção faça sentido para o seu público, e que a experiência descrita seja genuína. Você NÃO quer soar tão piegas quanto uma comédia romântica dos anos 80. Use o gatilho da emoção com sabedoria e tenha uma poderosa arma a seu favor.
  • Gatilho da Similaridade: 

Já reparou que se identificar e se reconhecer nos outros é reconfortante? Os seres humanos gostam de se relacionar com os seus similares. Não à toa nos cercamos de pessoas que pensam e se comportam de formas parecidas com a nossa. É possível utilizar essa nossa característica social a favor do marketing do seu business. Assim como no caso da emoção, contudo, exige sinceridade para ser integro. Exemplo: “Os primeiros passos no meio digital não são fáceis. As dificuldades e obstáculos no caminho levam muitos a desistir antes de alcançar o sucesso. Se isso já passou pela sua cabeça, você não está sozinho. Por vezes eu pensei em jogar tudo pro alto e seguir outros passos…” Ao se identificar como igual, você se aproxima do seu público que passa a ter mais confiança no que você diz.
  • Gatilho da Reciprocidade: 

Gentileza gera gentileza! Nós temos uma tendência a retribuir algo àqueles que nos agregam valor de alguma forma. É daí que vem a origem da expressão “obrigado”, por exemplo. Quando sua empresa oferece materiais gratuitos, como um e-book, ela cria em sua audiência a sensação de que estão devendo um favor. O próximo passo é retribuir a gentileza oferecida, seja assinando uma newsletter ou mesmo comprando algum produto ou serviço. Conclusão: Os gatilhos mentais apresentados acima são poderosos e devem ser utilizados com sabedoria em suas estratégias de marketing de conteúdo. Aprofunde-se, conheça os demais, influencie o comportamento de seus consumidores e fique mais próximo de alcançar o sucesso nos meios digitais. Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais! Ficou alguma dúvida? Deixe um comentário, nós vamos responder mais rápido que a Millenium Falcon! Que a força esteja com você! Postado por: Cento e Vinte | www.centoevinte.com.br

*Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ARTIGOS RELACIONADOS

Clickbait-glossário-120-marketing-digital-para-agencia-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001

Clickbait

O “caça-clique” é um termo “mais grosseiro”, utilizado para definir conteúdos destinados a angariação de receita de publicidade pela internet. Geralmente são de baixa qualidade

Palavras-de-transição-glossário-120-marketing-digital-para-agencia-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001

Palavras de Transição

São palavras que têm a função de deixar o conteúdo mais interessante ao leitor. Isto é, criam relação e coesão na construção do texto. Quanto

Share-glossário-120-marketing-digital-para-agencia-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001Share-glossário-120-marketing-digital-para-agencia-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001

Share

Seu significado literal é partilhar. A palavra ficou bastante popular por causa das redes sociais onde tudo é compartilhado. E o sentido é exatamente este:

Tráfico-organico-glossário-120-marketing-digital-para-agência-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001

Tráfego Orgânico

Tráfego orgânico é o fluxo de visitantes em um domínio por meio de buscas sem utilização de anúncios pagos, mas, sim, de forma natural. Os