plan cul gratuit - plan cul marseille - voyance gratuite en ligne

10 Fatores de Ranqueamento do Google para 2020 

Fatores-de-rankeamento-do-google-marketing-digital-para-agencia-cento-e-vinte-marketing-digital-para-002

10 Fatores de Ranqueamento do Google para 2020 

Na teoria, os 10 mais importantes*

Última atualização em 18 de maio de 2020 por Aazim Akhtar

Você sabia que existem mais de 200 fatores de classificação do Google? E lógico que VOCÊ também sabe, que o Google é de longe, mas muito longe mesmo, o mecanismo de pesquisa mais popular do planeta (quiçá das galáxias).

Ele domina outros mecanismos de busca como Bing e Yahoo, com mais de 5,14 bilhões de buscas sendo realizadas no Google todos os dias. Por isso, não nos surpreende em nada, SEMPRE estarmos buscando as mais altas posições nos resultados de pesquisa do Google.

Mas com o SEO (otimização de mecanismos de pesquisa) mudando de vez em quando (ou SEMPRE), pode ser difícil implementar e acompanhar todas as alterações. Então, você pode se perguntar: quais fatores de classificação do Google são importantes para o seu site?

Neste artigo, examinaremos mais de perto 10 fatores que podem ajudá-lo a melhorar seus rankings.

Fatores de ranqueamento do Google, conheça os MAIS importantes

Quando se trata de obter uma classificação mais alta, muitos proprietários de sites desejam seguir todos os fatores de classificação. Mas e se dissermos que você só precisa se concentrar em alguns desses fatores? 

Para ajudá-lo, selecionamos os fatores de classificação mais importantes e pedimos que se CONCENTRE pelo menos nesses 10. Não estamos dizendo que os outros fatores não seja relevantes, mas esses são os mais importantes, ok?

1. Conteúdo de alta qualidade

Você deve ter lido em vários lugares que o conteúdo é rei. E no caso dos fatores de classificação do Google, é definitivamente o rei. Se você pode criar um conteúdo exclusivo, novo e útil para os usuários, o Google o classificará mais alto nos SERPs (aquela página com os resultados da página do mecanismo de pesquisa).

O Google presta atenção especial à qualidade do seu conteúdo. Não importa o quão otimizado seu site seja, se seu conteúdo não for valioso, relevante, importante para sua AUDIÊNCIA, não espere classificações mais altas.

Então, o que é qualidade do conteúdo para o Google?

Conteúdo original, exclusivo e valioso

O Google dá preferência a conteúdo novo e exclusivo. Você deseja criar postagens que respondam às perguntas do seu leitor, forneçam valor e sejam originais.

Se o seu conteúdo for duplicado ou semelhante a outras páginas da Web, poderá causar um impacto negativo no seu SEO. Para iniciantes, o Google pode não indexar e classificar sua página.

E se você publicar regularmente conteúdo duplicado, o Google diminuirá a taxa de rastreamento do seu site.

Portanto, ao criar conteúdo, verifique se ele é diferente e melhor do que outros sites classificados para o termo de pesquisa.

Conteúdo atual e atualizado

Outra maneira de aumentar a qualidade do conteúdo é mantê-lo sempre atual e atualizado. Atualizando regularmente suas postagens e adicionando novas informações, você está enviando um sinal positivo ao mecanismo de pesquisa. Isso mesmo! Reescrever e ajustar o conteúdo JÁ existente. São como as edições de livros, que sempre passam por revisões.

A atualização do conteúdo desempenha um papel importante se você abordar tópicos que envolvem notícias ou tendências. Para esses tópicos, o Google tende a preferir as páginas que fornecem as informações mais recentes.

Por exemplo, se você está escrevendo sobre a crise global da saúde, procure colocar no seu conteúdo notícias e pesquisas recentes. E uma maneira simples de encontrar as informações mais recentes para manter seu conteúdo atualizado é usando o Google Trends .

Fatores de Ranqueamento do Google-02

Digite seu termo de pesquisa na ferramenta e olhar para Tópicos relacionados. Essas são consultas de tendências que podem ajudar você a agregar valor às suas postagens.

Comprimento do conteúdo (o verdadeiro, “TAMANHO importa”?)

Uma das perguntas que encontramos muitas vezes é se o tamanho do conteúdo faz parte dos fatores de classificação do Google?

E a resposta é sim.

De acordo com estudos diferentes, a duração do conteúdo afeta a sua classificação nos resultados da pesquisa. Em média, as postagens com 1.890 palavras são classificadas na primeira página.

Fatores de Ranqueamento do Google-03

Dito isto, não existe uma regra rígida e rápida em que você deva manter um limite de palavras enquanto escreve. 

Uma maneira melhor de analisar isso, é criar conteúdo com profundidade e que cubra um tópico em grandes detalhes. Isso ocorre, porque o Google prefere páginas que respondam totalmente à pergunta de um usuário e fornecem soluções detalhadas.

Estrutura e organização do conteúdo

No que diz respeito à qualidade do conteúdo, as postagens do seu blog, DEVEM ser bem organizadas e estruturadas. Isso facilita para seus visitantes lerem suas postagens e encontrar facilmente soluções para os problemas deles e nas buscas, os usuários SEMPRE procuram resolver seus problemas. Pense nisso ao escrever!

Para melhorar a estrutura e organização dos seus artigos, você pode usar vários títulos e subtítulos (H2, H3, H4 etc.) para agrupar seu conteúdo. Use e abuse desse agrupamento de conteúdo.

Você também pode usar tags HTML para marcadores (ol) e listas de números (li) para organizar ainda mais seu conteúdo. Isso é importante, pois o Google “pega” essas listas e as mostra como snippets em destaque para diferentes palavras-chave.

10 Fatores de Ranqueamento do Google para 2020  1

E não se esqueça de olhar para o fluxo do seu artigo e ver qual seção deve vir primeiro. Lembre-se de classificar por ordem de IMPORTÂNCIA do problema que resolve. E acredite, organizar dessa forma seu conteúdo você aumentará exponencialmente sua legibilidade. Como resultado esperado, você otimiza a experiência do usuário do seu site, o que indiretamente aumenta suas chances de obter uma classificação mais alta no Google.

2. Backlinks

Após o conteúdo, o SEGUNDO fator mais importante na classificação do Google são os backlinks. Eles são uma parte importante do algoritmo de classificação do Google e é como o rastreador do Google encontra seu site para indexação.

De fato, o conteúdo e os backlinks andam de mãos dadas, pois as páginas da Web sem nenhum backlink, dificilmente recebem tráfego orgânico.

Fatores de Ranqueamento do Google-05

Então, como os backlinks são importantes para o SEO do seu site?

Backlinks ou links de entrada são como um voto de confiança para o seu site. O Google soma todos esses votos e verifica se seu site merece ser classificado entre os melhores resultados.

Se você obter backlinks de sites de alta autoridade, pode aumentar consideravelmente suas chances de obter classificações mais altas. Isso ocorre porque, ao adquirir esses links, você está enviando um sinal para o Google de que seu conteúdo é confiável, pois diferentes sites TEORICAMENTE validam isso.

Confira estas 15 maneiras simples e rápidas de obter backlinks de sites de alta autoridade.

3. Intenção de pesquisa (os termos da BUSCA)

Outro fator crucial de classificação para o Google é combinar a intenção de pesquisa com o seu conteúdo. A intenção da pesquisa é basicamente o que o usuário está procurando. Cada palavra-chave é diferente no Google e você precisa entender o motivo por trás dessa consulta de pesquisa. 

Por exemplo, se alguém pesquisar os melhores temas do WordPress, verá que os resultados nas 10 principais incluem listas.

Fatores de Ranqueamento do Google-06a

Aqui está outro exemplo. Se você pesquisar a palavra-chave, fazer pão de banana, notará que os resultados consistem em receitas e artigos de instruções, além de vídeos.

Portanto, se você criar conteúdo em um dos tópicos, é importante corresponder à intenção da pesquisa do usuário e criar o tipo certo de conteúdo e sem enrolação.

Agora, a intenção da pesquisa pode variar conforme com o formato e o estilo do conteúdo. Por exemplo, em alguns casos, o Google exibirá apenas vídeos e infográficos nos principais resultados. Isso significa que você DEVE criar um vídeo ou um infográfico, caso queira se classificar ou ranquear para essas palavras-chave. Procure estudar quais tipos de conteúdo SUA audiência prefere e ajuste seus artigos conforme essa preferência.

Além disso, a intenção de pesquisa também mostra onde seus visitantes estão na jornada do compra. Temos alguns .

Eles estão procurando informações básicas sobre seus produtos, querem um tutorial como um artigo de instruções ou estão na fase final e prontos para fazer uma compra?

Ao corresponder à intenção de pesquisa, você pode responder a essas perguntas e criar o conteúdo que as pessoas estão procurando.

4. Velocidade de carregamento do site

Entre os 200 diferentes fatores de ranqueamento do Google, outro fator em que você deve se concentrar é a velocidade de carregamento da página. ACREDITE, sites lentos, RANKEAM menos!  Agora, o objetivo aqui, não é vencer seus concorrentes com milissegundos de tempo de carregamento. Mas você deve prestar atenção à rapidez com que uma página é carregada para seus usuários. Lembre-se que a EXPERIÊNCIA importa MUITO e uma página lenta no carregamento atrapalha uma boa experiência.

“O Google deseja que seu site seja carregado rapidamente e forneça uma ótima experiência de uso para seu público” e que esse seja seu MANTRA, ok? 

Para verificar a velocidade de carregamento do seu site, utilize a ferramenta gratuita do Google, chamada PageSpeed ​​Insights .

Fatores de Ranqueamento do Google-07

Ele analisará seu site, exibirá uma pontuação para dispositivos móveis e computadores e destacará sugestões para tornar seu site ainda mais rápido. Novamente para VOCÊ não esquecer: Sites rápidos melhoram a experiência do usuário com seu site e o GOOGLE leva isso MUITO em consideração!

Por exemplo, uma das maneiras de melhorar a velocidade de carregamento do site WordPress é usando uma CDN (rede de entrega de conteúdo). Ele garante que suas páginas sejam carregadas sem demora para seus usuários em todo o mundo. Além disso, você também pode dar uma olhada nessas dicas simples para acelerar o desempenho do seu site WordPress .

5. Responsividade (!) ou Mobile friend!

Juntamente com a velocidade, outra coisa a considerar é se seu site é compatível com dispositivos móveis. Inclusive, recomendamos que seu site seja MOBILE FIRST.

Em 2019, Google começou a dar MUITA importância para a experiência do usuário em seus dispositivos móveis e logo,  é essencial que seu site seja responsivo aos bendito (ou maleditos) celulares. Mobile First, significa que agora o Google usará a versão móvel do seu site para indexação e classificação.

Anteriormente, o Google usava a versão para DESKTOP como a versão principal para indexação. Mas, com 3,7 bilhões de usuários de internet móvel no mundo, não é surpresa que o Google tenha feito essa mudança e novamente, ACREDITE, é um caminho sem volta!

Portanto, se você deseja aumentar seus rankings, agora é a melhor hora para tornar seu site otimizado para dispositivos móveis.

Você pode começar escolhendo um tema do WordPress que seja responsivo a dispositivos móveis. Ou você pode usar plugins diferentes para tornar seu site WordPress compatível com dispositivos móveis (maaaaaaaaas saiba que essa NÃO é a opção MAIS RECOMENDADA!). O ideal é um site WORDPRESS produzido considerando as opções para celular como primeiro carregamento. Temos um artigo bem legal sobre esse tema no nosso blog. Veja aqui.

6. Autoridade de Domínio

Dentre os fatores de ranqueamento do Google e que você precisa trabalhar DIRETINHO é a autoridade de domínio (DA) do seu site. É uma métrica de ranqueamento e classificação que mostra a O próximo sobre um tópico específico e sua capacidade de classificação nos mecanismos de pesquisa. A autoridade de domínio é criada pela Moz e atribui uma pontuação entre 1 e 100. Quanto maior a sua autoridade de domínio, maiores são suas chances de ranqueamento no Google.

Agora, existem diferentes maneiras de aumentar a autoridade do seu site. Você pode começar adquirindo backlinks de alta qualidade. Mas, às vezes, ter muitos backlinks não garante classificações mais altas. É aqui que você precisa criar um conteúdo incrível focado no seu setor. 

Para ter uma idéia de quais tópicos são os seus visitantes, você pode usar o MonsterInsights, o melhor plug-in do WordPress do Google Analytics e descobrir as páginas mais populares do seu site .

Fatores de Ranqueamento do Google-08

Em seguida, crie conteúdo de alta qualidade em torno desses tópicos para aumentar sua autoridade tópica. Como resultado, o Google começará a reconhecer seu site como um especialista NESTE tópico, aumentará sua autoridade de domínio e PODE começar a classificar suas páginas entre as 10 primeiras nos resultados de pesquisa.

7. Otimização de palavras-chave

Além de criar conteúdo e obter backlinks, um dos fatores de ranqueamento do Google mais óbvios é o uso de palavras-chave em seu site. 

Palavras-chave são os termos de pesquisa que os usuários usam para pesquisar coisas no Google. Portanto, é importante que seu site contenha as palavras-chave que seu público-alvo está pesquisando. Dessa forma, o Google pode exibir sua página nos resultados de pesquisa.

Para garantir que seu site seja otimizado por palavras-chave, aqui estão algumas dicas:

  • Título Tag – Inclua sua palavra-chave alvo no início de suas mensagens SEO tags de título .
  • Meta DescriçãoEscreva meta descrições irresistíveis e adicione sua palavra-chave focus para que os usuários saibam do que se trata sua página e clique nela.
  • Texto alternativo da imagem – Como o Google não consegue ler imagens, você pode adicionar suas palavras-chave na seção de texto alternativo da imagem para informar qual é o visual.
  • Texto âncora – o Google usa o texto âncora para descobrir o que é a página, para que você possa usar suas palavras-chave como texto âncora ao vincular suas páginas.
  • Use palavras – chave LSI – Além da palavra-chave principal, existem outros termos relacionados que as pessoas pesquisam e são chamados de palavras-chave LSI (indexação semântica latente). Ao incluí-los na sua página, você ajuda o Google a descobrir qual é o conteúdo.
  • Evite o uso excessivo de palavras- chave – a otimização de palavras – chave não significa incluir apenas o seu termo de pesquisa principal repetidamente. Isso se chama preenchimento de palavras-chave e não é uma boa prática de SEO. Tente incluir seu termo de pesquisa principal algumas vezes e depois misture tudo com diferentes variações
  • Incluir palavras-chave em H2 e H3 – Você pode melhorar ainda mais a organização de SEO do seu conteúdo usando variações de palavras-chave ou palavras-chave LSI em H2 ou H3 da sua postagem.
  • Adicionar palavra- chave na URL – Outra prática de otimização de palavra-chave é incluir sua palavra-chave no URL da sua postagem.

8. Estrutura do site

Embora a otimização de palavras-chave seja importante, outro tema importante que você deve considerar como fatores de ranqueamento do Google é a estrutura do seu site, especialmente se você está prestes a lançar um site novo na websfera. A arquitetura do seu site é importante do ponto de vista de rastreamento e indexação. Ele permite que os rastreadores do Google encontrem facilmente seu site e suas páginas.

E para melhorar a estrutura do seu site, você pode começar criando um mapa do site no WordPress . Um mapa do site, contém todas as páginas importantes que você deseja que o mecanismo de pesquisa conheça. Ajuda o rastreador do Google a navegar facilmente pelo seu site, descobrir novos conteúdos e indexar suas páginas.

Fatores de Ranqueamento do Google-09

Outra maneira de ajudar o Google a indexar seu site é otimizando o arquivo robots.txt do WordPress. Um arquivo robots.txt fornece um caminho para os bots do Google e informa como rastrear e indexar seu site. Isso ajuda a apontar quais páginas o mecanismo de busca deve rastrear e quais não devem.

Como resultado, você salvará a cota de rastreamento e os bots não passarão por páginas desnecessárias, como por exemplo, a página de administrador.

Para mais informações, aqui está um tutorial completo sobre como otimizar seu arquivo robots.txt para SEO .

9. Segurança do Site

Juntamente com a arquitetura do site, a segurança do seu site agora é um fator importante no ranking do Google. É aqui que você precisa garantir que seu site esteja agora em HTTPS, pois ele criptografa os dados entre o site e o navegador do usuário.

O Google confirmou em 2014 que o HTTPS agora é um sinal de classificação. Portanto, se seu site não possui certificados SSL e está em HTTPS, agora é uma boa hora para atualizar.

Fatores de Ranqueamento do Google-09a

Você pode seguir este guia sobre como mover corretamente um site WordPress de HTTP para HTTPS .

10. Experiência do Usuário

O último fator de ranqueamento do Google que temos para você é a experiência geral do usuário do seu site. Agora, existem muitas coisas que contribuem para uma boa experiência do usuário.

Mas como o Google mede isso?

Ele usa um programa de inteligência artificial chamado RankBrain, que incorpora outros sinais de classificação como:

  • CTR (taxa de cliques) – é a porcentagem de usuários que clicam no link do seu site nos resultados da pesquisa. Ao melhorar sua CTR , você pode aumentar sua classificação, especialmente se estiver preso nos 5 principais resultados.
  • Taxa de rejeição – Ter uma taxa de rejeição alta não é bom para o seu site. Se um grande número de pessoas clicar no seu site e clicar no botão voltar sem interagir com o site, o Google achará que a página não é relevante e não a classificará.
  • Tempo de espera – mede quanto tempo um visitante permanece no seu site depois de vir dos resultados de pesquisa do Google. Quanto maior o tempo de espera, melhor.

Embora esses sejam alguns sinais importantes de classificação que o RankBrain do Google usa, há muitos outros. Mas como a maioria deles é especulação nesse estágio, recomendamos que você se atenha aos três fatores que discutimos acima.

E é isso!

Esperamos que você tenha gostado do nosso artigo sobre os fatores de ranqueamento do Google mais importantes para o seu site. Se você quiser, também pode conferir nosso artigo sobre como adicionar o Google Analytics ao site do WordPress .

Não se esqueça de nos seguir no  Twitter  e no  Facebook  para obter artigos mais úteis sobre WordPress e Google Analytics.

Postado por Agência Cento e Vinte
Fonte: O INCRÍVEL blog da Optin Monster

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ARTIGOS RELACIONADOS

Sitemap-glossário-120-marketing-digital-para-agência-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-002

Sitemap

O mapa do site é um tipo de índice que aponta o caminho correto a ser percorrido pelo crawler, o robô que esmiúça a internet.

Materiais-ricos-glossário-120-marketing-digital-para-agência-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001

Materiais Ricos

Materiais ricos são uma série de conteúdos relevantes elaborados com riqueza de informações. O propósito é o de angariar leads. Estes materiais podem ser distribuídos

Entre em Contato