plan cul gratuit - plan cul marseille - voyance gratuite en ligne

Criação de logotipo – Entenda como funciona!

Criação de logotipo - Entenda como funciona! 1

Com toda certeza você já deve ter ouvido falar de que a marca é um dos maiores ativos de qualquer empresa, certo? Afinal, é através da marca que uma empresa é reconhecida pelo público, de tal forma que chega até mesmo agregar valor em seus bens e serviços. Não à toa a construção e fortalecimento da marca é parte essencial em qualquer estratégia de marketing.

Nesse aspecto a criação de logotipo cumpre um importante papel, afinal ele é a representação gráfica da sua empresa e marca, é como seu público o identificará em meio ao oceano de opções existentes no mercado.

Mas se você pensa que um bom logo é fruto apenas da inspiração, criatividade e uso da força pelos designers, sinto desapontá-lo: na realidade é feito a partir de muito estudo, transpiração e conhecimento de áreas diferentes ao design como a psicologia e a semiótica.

A criação do logotipo de uma marca é um processo que para atingir bons resultados de acordo com os objetivos propostos leva tempo, afinal são diversos elementos a serem considerados no processo que precisa ainda alinhar as expectativas pessoais do(s) dono(S) do negócio aos conceitos que procura se comunicar ao público.

Para entender um pouco melhor desse processo, e ao mesmo tempo fornecer algumas dicas para pensar e realizar um logo poderoso, preparamos um rápido passo a passo de como se dá a criação de um logotipo. Bora lá?

Entendendo os processos de criação de logotipo

Antes de começar o primeiro pensamento que deve ter em sua cabeça é: “menos é mais”. É fundamental que seu logo seja simples. Sabe aquela ideia genial que surgiu durante seu banho, repleta de elementos gráficos e com uma frase de efeito embaixo? Talvez ela não seja tão genial assim.

O uso exagerado de elementos em um logotipo passa a impressão de confusão, além do que o excesso de informações não fica retido na mente do seu público. Não à toa algumas das marcas mais valiosas do mundo possuem logos simples e diretos como a Coca-Cola e a Apple, por exemplo.

E como podemos observar nos exemplos que citamos, simplicidade não significa falta de criatividade. Tendo isso em mente, confira abaixo 5 passos para a criação de um logotipo:

1.Realizando pesquisa:

A primeira tarefa do designer que vai criar o logo é a pesquisa. Para isso é necessário ter um briefing detalhado e que a empresa que vai pedir o logo faça também algumas pesquisas para identificar o que quer passar com este logo.

Pesquise sobre a criação de logos, pesquise referências, sobre a sua concorrência, sobre tipografias, cores, público-alvo e até tendências.
Quanto maior o número de informações tiver em mãos, maiores as chances de construir um logo de sucesso, por isso nada de menosprezar essa etapa ou fazer às pressas, lembre-se que você está ajudando o designer a produzir a cara da sua empresa para o público.

2.Formando o conceito:

Um logo é mais do que uma fonte bonita, um desenho bacana e cores que se harmonizam, sendo que muitas vezes é a primeira comunicação que uma empresa possui com o seu público, sendo assim é importante definir o conceito que será transmitido quando avistarem o logotipo.

O conceito deve estar relacionado à sua atividade fim, mas também pode trabalhar com sensações como segurança, confiabilidade, inovação, etc. Antes de começar a rascunhar seu logotipo tenha claro quais mensagens pretende passar.

3.Fazendo esboços:

Sabe aqueles instrumentos antigos conhecidos como lápis e papel? Eles ainda existem! E sim, são utilizados na produção de logos!

Até mesmo os designers mais experientes costumam rascunhar e esboçar suas ideias no papel antes de partir para a digitalização, sendo que essa etapa também funciona como um brainstorming, onde as ideias podem fluir livremente, mas tendo em mente as etapas anteriores.

Esse rascunho geralmente é feito de maneira simples, não havendo a necessidade de definir cores e fontes, ou mesmo ter desenhos detalhados, o importante são as formas que serão definidas aqui.

4.Digitalizando:

Agora que as ideias já estão postas, o conceito está definido, o designer têm na cabeça as referências que você passou, sabe quais fontes deve ou não deve utilizar e as cores de sua preferência de acordo com os seus conhecimentos, é o momento do logotipo ganhar os contornos definitivos.

Nesse momento é comum a refação do trabalho, seja na alteração de algum elemento específico até mesmo de todo o logo, afinal, uma coisa é a ideia que produzimos na cabeça e outra é visualizá-la realizada na tela do computador.

Fique atento a todos os elementos, e quando possível faça uma reunião para decidir se o designer está “captando a ideia”!

A criação de logotipos deve ser realizada com cuidado e observando o cumprimento das etapas necessárias para que o resultado final corresponda às expectativas da empresa, tenho um bom apelo estético e seja funcional, ou seja, que transmita o conceito definido e ainda possua boa fixação e apelo entre os consumidores.

Se você não tem um grande orçamento para criar um logo, use o Logaster. O Logaster é um criador de logos usado para criar o logo e a identidade da marca. O programa é muito rápido e capaz de criar logos únicos e perfeitos. Você só precisa inserir o nome da sua marca e o serviço exibirá centenas de variantes de logos prontos para você.

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais! Ficou alguma dúvida? Deixe um comentário, nós vamos responder mais rápido que a Millenium Falcon!

Que a força esteja com você!

Postado por: Cento e Vinte  | www.centoevinte.com.br

Deixe seu comentário

*Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ARTIGOS RELACIONADOS

Entre em Contato