plan cul gratuit - plan cul marseille - voyance gratuite en ligne

3 objetivos do Marketing de Conteúdo + fórmula infalível

 

Você já conhece ou traçou seus objetivos do Marketing de Conteúdo? Esqueça as modinhas e se torne viral. É só se concentrar nessas ideias que vamos passar aqui!

É bem provável que você já saiba o que é Marketing de Conteúdo – é uma maneira de ganhar seu público e ainda dar potência à sua marca por meio do conteúdo relevante. Ele precisa atrair, envolver e converter (vender).

Falando nisso, vamos só abrir uma observação antes de continuar: não tenha medo de vender. Muitos empreendedores investem no Marketing de Conteúdo e não têm retorno porque simplesmente acham errado vender. Esqueça esse preconceito e invista em conteúdos relevantes e vendedores.

Dito isto, é importante também ressaltar que não adianta apenas criar um blog legal, alguns ebooks, cursos online, lives, ou qualquer outro material que promova sua marca e ajude o público. É necessário saber os principais objetivos do Marketing de Conteúdo para ser certeiro na comunicação.

E é agora que fica a nossa pergunta: você está alcançando os objetivos do Marketing de Conteúdo e as suas metas de resultados? 

Se a sua resposta foi um não bem fraquinho e quase sem fôlego, totalmente desconfortável em lembrar disso, fique tranquilo. Podemos te ajudar a consertar isso.

Você não está sozinho, 57% dos profissionais de Marketing não medem o ROI do conteúdo

Isso porque estamos falando de profissionais de Marketing, imagina um empreendedor, que não acompanha com profundidade o assunto e que não sabe a diferença que isso faz na prática.

Os objetivos do Marketing são ESSENCIAIS para que a sua empresa, marca, ideia, serviço, produto ou o que quer que você venda dê certo a longo prazo. São eles quem lideram a sua estratégia de forma clara, fazendo com que você meça a eficácia dos seus resultados.

Como sempre falamos aqui na agência: o que você não pode medir, você não pode gerenciar. Okay, foi o Peter Drucker que falou essa, mas nós sempre falamos mesmo assim.

Agora, voltando ao dado alarmante: coloque em prática os objetivos do Marketing de Conteúdo que vamos falar aqui, mas não deixe de mensurá-los.

Um dos principais problemas para as pessoas que não mensuram os resultados que tiveram com o conteúdo não é o que elas estão fazendo, mas o porquê estão fazendo. E te perguntamos:

  • Você está focando no engajamento dos posts, querendo curtidas, views e comentários?
  • Está se vinculando ao Google com novos conteúdos (mesmo os mais fuleiros) só porque acha que o “Google quer isso”?
  • Será que você sonha em se tornar viral e ser conhecido e reconhecido pelo seu modelo inovador?

Dependendo da resposta para essas perguntas, pode ser que a solução para os seus problemas esteja nos objetivos do Marketing de Conteúdo – ou a falta deles.

Então, se um site cheio de conteúdos não é o suficiente para te fazer crescer, o que é? Quais objetivos do marketing PRECISAM estar na sua lista a partir de agora? Vamos ver.

3 objetivos do Marketing de Conteúdo para se concentrar no seu crescimento

3 objetivos do Marketing de Conteúdo + fórmula infalível 1

Suas metas de conteúdo precisam estar totalmente relacionadas ao crescimento. Sim, o conteúdo é totalmente capaz de te levar à Galáxia mais distante que imaginar para travar novas batalhas emocionantes.

Mas se você está produzindo conteúdos e nada está acontecendo, os seus objetivos de marketing não estão no lugar certo. Se está procurando por alguma das metas a seguir, então vai crescer – do contrário, arrume sua estratégia agora mesmo.

1 – Ranking de SEO

O Google é um ótimo balizador para te mostrar se os objetivos do Marketing de Conteúdo estão indo bem ou não. Se você cria um conteúdo, lança ao mundo e está subindo na classificação (mesmo que pouco a pouco), isso significa que está indo bem. Por que sabemos isso?

Simples: o Google segue padrões rígidos de conteúdo (confira alguns aqui) e apenas as melhores informações são classificadas entre o TOP 10, 5 e 3.

Para isso, o algoritmo do Google não se baseia apenas em quantidade de palavras e se você escreve bonito. Ele leva em conta as melhores informações sobre uma palavra-chave ou tópico em específico, que realmente atenda às necessidades de quem está pesquisando.

Ao escrever um conteúdo incrível, a tendência é subir na classificação e ter um tráfego mais qualificado – ou seja, não serão pessoas totalmente aleatórias entrando no seu conteúdo, mas alguém que realmente precisa das suas informações.

Por que você precisa ranquear no Google?

Cerca de 32% do tráfego no Google vai para o número 1 na página de resultados. Ou seja, não estar no Ranking significa não receber bons leads (contatos qualificados / possíveis clientes) também. 

2 – Engajamento e conversa

objetivos do marketing

Quanto maior o número de tráfego qualificado você tiver, maior será o número de comentários sobre o seu conteúdo. E tudo bem, porque o segundo dos 3 objetivos do Marketing de Conteúdo precisa ser o engajamento e a conversa.

Por exemplo:

– > As pessoas estão entrando em contato com a área de vendas por vários canais (e-mail, chatbot, messenger, direct) e iniciando uma conversa porque têm interesse no que você faz.

– > Geralmente, você vê um público engajado e responsivo – não tem que ser viral ainda, mas eles são engajados, sempre curtem ou comentam nos posts.

Se os seus conteúdos estão fazendo o público interagir, estão impactando e tornando interessadas, significa que você está no caminho certo com os objetivos do Marketing de Conteúdo e está pronto para crescer.

Isso é ótimo, porque significa que esses clientes estão prontos também para avançar no seu funil de vendas.

Engajamento leva a maior visibilidade, que leva a maiores vendas

Ao contrário do que muitos pensam (e agem como se fosse a verdade absoluta) as redes sociais não são vitrines para que o seu público apenas veja o que você disse e saia dali sem nenhuma resposta ou interação.

Pelo contrário, seus canais de comunicação precisam criar algum impacto no público a ponto de curtir, comentar ou compartilhar o conteúdo (em qualquer meio, não necessariamente nas redes).

Além disso, é necessário interagir com o seu público. Conte histórias, dê uma notícia, fale algo que o ajude de alguma maneira e interaja com ele pra que ele saiba que pode contar com a sua marca sempre.

3 – Vendas e receitas

Depois de aplicar esses dois objetivos do Marketing de Conteúdo que falamos anteriormente, é importante saber também outra coisa: quanto você vendeu com essas conexões que gerou?

Converse com a sua equipe, caso tenha uma. Se for apenas você e esses conteúdos estão rendendo boas vendas, temos certeza que não será uma equipe de apenas uma pessoa por muito mais tempo.

Agora, vamos lá terminar um assunto sério que falamos com você no começo do artigo: esqueça o preconceito com as vendas.

Vender NÃO é errado! O seu produto / serviço atende às necessidades de alguém e errado seria não compartilhar a sua expertise e soluções para quem realmente precisa.

Imagina, por exemplo, se o Alexandre Costa tivesse vergonha ou preconceito de vender… Ele não seria hoje o dono da Cacau Show.

Alexandre Costa vendeu 2 mil ovos de páscoa e depois teve um problemão!

Ainda adolescente, ele vendia chocolate para ajudar a mãe, anotando pedidos, passado ao fornecedor e recebendo as mercadorias. Certa vez, ele vendeu 2 mil ovos de páscoa de 50g, porém o fornecedor não tinha desse tamanho.

Com esse erro, e já tendo vendido essa quantidade, Alexandre procurou 20 atacadistas para comprar o produto e entregar os pedidos, mas nenhum deles trabalhava com ovos de páscoa desse tamanho.

Ele conheceu dona Cleusa, que aceitou ajudá-lo e fazer o ovo de páscoa em casa, honrando o compromisso. Foi assim que nasceu a Cacau Show, é uma empresa brasileira e surgiu “de improviso”, mas com um cara que não tinha preconceito de vender.

Como usar os objetivos do Marketing de Conteúdo para crescer?

objetivos do marketing

Existe uma fórmula bem simples para alinhar seus conteúdos com suas metas. É tão simples que vai te surpreender e usamos aqui na agência:

EXCELENTE conteúdo, de forma consistente, que estejam conectados aos nossos serviços (Marketing de Conteúdo, Landing Pages, Sites, Redes Sociais etc.) = conversar com os clientes em potencial que vieram do Google = vender.

Você pode ter notado (se nos acompanha aqui um tempo) que os nossos formatos estão mudando, que estamos atualizando os posts e criando conteúdos mais densos, com muita informação relevante e que ensinam como colocar o Marketing Digital em prática na empresa.

Tudo isso porque entendemos que ter conteúdos nesse estilo faz toda a diferença para o público. Portanto, também faz diferença para a Cento e Vinte. 

Não queremos apenas falar do que somos, do que entregamos e esse monte de baboseira. Queremos entregar conteúdos que ajudem outras pessoas a crescer, sendo ou não nossos clientes, porque temos certeza que depois eles vão querer fazer parte dos nossos clientes.

Os seus leads também precisam se sentir assim. Pode ser que eles não comprem agora, mas o seu conteúdo precisa fazer com que eles queiram se tornar seus clientes daqui a pouco tempo. Vamos entender a nossa “Fórmula com Objetivos do Marketing de Conteúdo” melhor?

1 – Fórmula com Objetivos do Marketing de Conteúdo: consistência e excelência

Atingir objetivos do Marketing de Conteúdo precisa começar com um passo fundamental: a de criar um conteúdo excelente. Parece óbvio, mas a verdade é que muitos ignoram isso e pagam 10 reais o artigo para alguém que faz um trabalho meia-boca.

Independente do seu objetivo com o conteúdo, não adianta fazer algo de qualquer jeito “apenas pra ter”, “só pra lançar”, “só pra atualizar a página”. Ao comprometer a qualidade, você não cresce e seu conteúdo não engaja e nem interessa ninguém.

Apenas o conteúdo de alta qualidade será classificado (seja no Google ou na mente dos seus clientes), porque só ele atende às necessidades e desejos mais profundos do usuário que pesquisa o assunto no Google ou procura informações nas redes sociais.

Além disso, criar um conteúdo de alta qualidade não te faz perder nada, pelo contrário: você conquista a confiança dos leitores. E é muito mais fácil comprar de quem você confia.

2 – Fórmula com Objetivos do Marketing de Conteúdo: conexão com serviços

Ninguém é esse santo todo para criar conteúdos interessantes, relevantes e de alta qualidade para simplesmente ajudar alguém. Todos querem algo em troca, é normal, e você não precisa ter vergonha disso.

Ao entregar algo relevante, que ajude alguém, é comum que essa pessoa se sinta inclinada a retribuir o ‘favor’ (chamamos de princípio da Reciprocidade no Marketing). Então, aproveite isso e peça algo. Sim, peça.

Para isso mesmo existem os CTAs que vão indicar o caminho que o seu cliente precisa tomar depois de ver toda a maravilha de conteúdo que você criou. Afinal, um conteúdo sem nenhuma relação com seus produtos / serviços fica no limbo e isso não é lucrativo para você.

Logo depois de criar um conteúdo incrível e consistente, inclua Chamadas para Ação (CTA), que vai alavancar o que você publicou. Nunca faça nada sem CTA.

– > Vai publicar um texto no blog? Peça um comentário, afinal você contribui muito com o seu usuário.

– > Postou algo muito relevante na rede social? Pergunte o que o público achou, afinal você precisa da ajuda deles para saber se esse conteúdo é o que ele espera.

– > Mandou um email com muita informação interessante, ensinando algo útil? Peça que ele entre no seu conteúdo ou compartilhe essa informação com outras pessoas.

E por aí vai. O CTA é essencial para mostrar o que a pessoa deve fazer a seguir e você pode e deve linkar seus conteúdos com seus serviços, mandando para uma landing page, por exemplo.

3 – Fórmula com Objetivos do Marketing de Conteúdo: interação com o público

Essa é a terceira ação focada nos objetivos do Marketing de Conteúdo, mas é uma das principais. A conversa que você e sua equipe tem com os clientes é essencial para determinar o seu sucesso ou fracasso. Afinal, interagir com os leads os mantém motivados e interessados no conteúdo – o que é melhor ainda para o seu ROI.

Não estamos falando de usar táticas de vendas para fazer alguém comprar. Estamos falando apenas de ficar disponível para melhorar a experiência do cliente em tempo real com a sua marca.

E um dos milagres da tecnologia para fazer esse tempo real funcionar de uma forma bem mais simples é o chatbot, principalmente se você liga com uma grande quantidade de conversas todos os dias.

Mas olha só: dependendo do caso, é necessário deixar o robozinho de lado e assumir o controle, porque algumas necessidades e problemas do seu cliente, só um atendimento humanizado pode proporcionar.

Acabamos por aqui, mas antes uma frase marcante…

objetivos do marketing

Decidir o que não fazer é tão importante quanto decidir o que fazer.” – Steve Jobs 

Enquanto pensa muito bem nesses objetivos do Marketing de Conteúdo e alinha com as suas táticas da “linha de frente”, queremos também te alertar sobre isso que o nosso amigo Steve Jobs falou.

Siga os 3 objetivos do Marketing de Conteúdo à risca e evite problemas para crescer. Afinal, muitos pecam pelo excesso e acabam não crescendo porque exageram nas estratégias, em vez de usar algo simples e que funciona.

Quer saber o que não fazer? Aí você não pode perder os nossos próximos conteúdos e vamos te mostrar exatamente o que NÃO fazer para alcançar os objetivos do Marketing de Conteúdo.

Enquanto isso, vamos lançar nosso CTA agora: deixe um comentário e nos diga o que achou disso. Você está cumprindo algum desses objetivos do Marketing de Conteúdo? Tem outra prática que dá certo e quer compartilhar para ajudar? Queremos saber o que você pensa.

ARTIGOS RELACIONADOS

Como-lidar-com-a-sazonalidade-marketing-digital-para-agencia-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-002

Como lidar com a sazonalidade?

Suas vendas sofrem bruscas alterações durante o ano? Em certas épocas suas conversões aumentam enquanto em outras se tornam raras? Quando se trata de sazonalidade,

Você-é-o-seu-maior-concorrente-marketing-digital-para-agencia-de-marketing-digital-cento-e-vinte-marketing-digital-para-001

Você é o seu maior concorrente!

Em um mercado altamente competitivo, encontrar formas de como se destacar da concorrência são motivos de preocupação e foco nas empresas. Entre as ferramentas mais

Entre em Contato