Administradores

10816namorados

Sempre existe aquela disputa e dúvida de quem gasta mais, o homem ou a mulher. Veja no seu relacionamento quem está com as finanças mais adequadas

Para homenagear o dia dos namorados no próximo sábado, 12, o educador e terapeuta financeiro Reinaldo Domingos, autor do livro Terapia Financeira (editora Gente) e criador da metodologia comportamental DiSOP de educação financeira, criou esse teste para o casal fazer individualmente e depois comparar as respostas para descobrir quem poupa ou consome mais.

Domingos dá ainda orientações para o casal não extrapolar o orçamento e, se estiver endividado e sem dinheiro, pegar leve no presente do Dia dos Namorados.

1. Você controla seus ganhos e gastos?

a) ( ) Registro periodicamente todos os gastos e ganhos, detalhadamente por tipo de despesas e ganhos (exemplo: quanto gasta mensalmente de gasolina, balada, até mesmo gorjetas).

b) ( ) Registro somente os grandes ganhos e despesas, os pequenos gastos às vezes começo a controlar, mas, depois desisto.

c) ( ) Começo o mês anotando, mas ao final não concluo, ou deixo alguns itens sem anotar.

d) ( ) Não registro meus gastos e ganhos em nenhum período do ano.

2. Você já fez um diagnóstico, uma faxina financeira em sua vida?

a) ( ) Uma vez por ano faço essa análise (diagnóstico) e registro o que eu ganho e o que eu gasto, e faço uma reunião mensal ou bimestral com meus familiares.

b) ( ) Faço a análise, mas não registro em nenhum lugar.

c) ( ) Faço essa análise quando estou em situação de desequilíbrio financeiro.

d) ( ) Nunca fiz a análise de diagnóstico financeiro, nem me reúno com a família para falar sobre dinheiro.

3. Você tem algum tipo de previdência privada ou poupança para sua aposentadoria?

a) ( ) Sim, tenho uma previdência ou poupança para que possa ter uma aposentadoria ou ainda para realizar todos meus sonhos.

b) ( ) Sim, mas quase sempre acabo tirando dinheiro dela por outros motivos.

c) ( ) Não consigo guardar dinheiro, mas não tenho dívidas também.

d) ( ) Não consigo guardar dinheiro e, para piorar, estou utilizando o limite do cheque especial e muitas vezes não consigo pagar a parcela total do meu cartão de crédito.

4. Quando vou às compras:

a) ( ) Primeiro vejo as necessidades, o que agregará de valor para mim ou minha família, pesquiso o preços na internet, depois pesquiso em pelo menos três lojas presenciais e sempre com a pergunta de quanto custa este produto à vista.

b) ( ) Primeiro vejo as necessidades, o que agregará de valor para mim ou minha família, pesquiso o preços na internet e não pesquiso em lojas, por entender que é perder tempo.

c) ( ) Quando necessito de algo não analiso se agregará ou não, apenas pesquiso o valor nas lojas, mas, não me importo muito com preços mais em conta.

d) ( ) Não faço pesquisas, acabo comprando quando vejo os anúncios e vitrines nas lojas, não planejo muito minhas compras.

5. Ao ir ao shopping center:

a) ( ) Vou para comprar apenas o que está previsto em meu orçamento.

b) ( ) Gosto de passear no shopping e, quando há promoções, geralmente compro.

c) ( ) Passeio no shopping aos fins de semana e, quando gosto de algum produto da vitrine, experimento e compro.

d) ( ) Gosto muito de shopping e sempre compro o que me agrada.

6. Como você costuma pagar suas compras?

a) ( ) Sempre pesquiso o preço à vista do produto, peço desconto, sempre observando a disponibilidade do meu orçamento.

b) ( ) Sempre pesquiso o preço do produto e faço o pagamento parcelado que cabe no meu orçamento.

c) ( ) Costumo usar cheque pré-datado, crediário e parcelamento no cartão, mas somente quando compro mais do que deveria.

d) ( ) Sempre opto pelo parcelamento, crediário e pelo cheque pré-datado por falta de disponibilidade financeira.

7. Em seu orçamento financeiro o que vem primeiro: os sonhos ou as despesas?

a) ( ) Os sonhos, reservo mensalmente dinheiro antes de começar a gastar para a realização de meus sonhos e objetivos.

b) ( ) Faço orçamento mensal financeiro: o que ganho, menos o que gasto e, quando sobra, guardo dinheiro.

c) ( ) Utilizo orçamento financeiro mas com freqüência acabo desanimando no meio do caminho.

d) ( ) Não faço orçamento financeiro, não sou bom em matemática e nem em números.

8. Você costuma investir o seu dinheiro?

a) ( ) Guardo dinheiro de acordo com o tempo de meus objetivos e sonhos, aplicando no mercado financeiro no perfil conservador.

b) ( ) Guardo dinheiro com freqüência, mas não consigo manter, é comum sempre ter algo para gastá-lo.

c) ( ) Não consigo guardar dinheiro, mas não tenho dívidas também.

d) ( ) Não consigo guardar dinheiro e, para piorar, estou utilizando o limite do cheque especial e muitas vezes não consigo pagar a parcela total do meu cartão de crédito.

9. Seu namorado (a) é uma pessoa consumista ou poupadora?

a) ( ) É uma pessoa que guarda parte do dinheiro que ganha para ter um futuro melhor, tem orçamento financeiro e ainda conversamos sobre o dinheiro.

b) ( ) É uma pessoa que não tem guarda dinheiro, mas também não tem divida, é equilibrado financeiramente.

c) ( ) É uma pessoa que tem serias dificuldades financeira com relação ao controle do dinheiro, não poupa e tem prestações a pagar.

d) ( ) É uma pessoa que quase sempre esta endividada, pede dinheiro emprestado e não respeita o dinheiro que ganha.

10. Se você hoje estiver trabalhando ou ainda recebe mesada ou semanada de seus pais e a partir de amanhã não recebesse mais, pergunto a você: Por quanto tempo você conseguiria manter seus compromissos mensais em dia, fazendo o que faz hoje?

a) ( ) Por 1 a 5 anos
b) ( ) Por até 1 anos
c) ( ) Por até 3 meses
d) ( ) Já não consigo pagar meus compromissos trabalhando quem dirá sem ganho

RESULTADOS

A = 20
B = 15
C = 10
D = 05

De 160 a 200

Parabéns! Você está no caminho certo e alinhado com os ensinamentos da educação financeira e poderá ajudar ainda mais seu desempenho com relação a utilização correta e respeitável do dinheiro. Suas respostas mostraram um elevado grau de educação financeira. Continue se aprimorando e cada vez mais priorizando seus sonhos e reservando um valor mensal para a conquista deles, que certamente você atingirá seus sonhos e objetivos de curto (um ano), médio (até 10 anos) ou longo prazo (acima de 10 anos). Um futuro promissor a dois passa pelo investimento de ambos da mulher e do homem no que se refere a educação financeira para que possam desfrutar de uma vida mais prazerosa e com qualidade de vida.

De 110 a 155

Você está no caminho aparentemente correto, mas é preciso se atentar mais quanto a utilização correta do dinheiro, para isso focar esforços e investir um pouco mais em controles financeiros deverá colaborar muito com esta necessidade. É necessário para melhor organização de suas finanças, saber para onde vai cada centavo do dinheiro ganho e gasto. Invista em sua educação financeira para a realização de todos os seus desejos, lembre-se o seu futuro somente pertence a você.

De 70 a 105

Muito cuidado! Você está gastando muito e seu desequilíbrio financeiro está ou estará muito próximo, atrás do desequilíbrio vem o endividamento e logo a seguir a inadimplência. Você necessita imediatamente assumir o comando de sua vida financeira e para implementar uma operação de guerra em suas finanças é preciso represar os gastos e aumentar os ganhos. Oriento baixar a planilha de orçamento DiSOP no site www.disop.com.br e utilizar em seu dia a dia imediatamente! O tempo pode e deve ser aliado, mas às vezes poderá se transformar em um grande problema, quanto mais cedo se inicia o investimento em educação financeira, mas cedo alcançará sua saudade financeira.

De 50 a 65

Sua situação pode estar muito grave! É hora de rever toda sua rotina, seus hábitos, costumes, é preciso descobrir para onde esta indo cada centavo do dinheiro ganho e gasto até mesmo os pequenos gastos como gorjetas, baladas entre outros. É preciso estabelecer uma operação de guerra contra o descontrole financeiro, lembre-se você é autor de decisão de suas alegrias não deixe que esta doença do endividamento e desequilíbrio financeiro continue sendo seu companheiro. Você precisa imediatamente fazer um diagnóstico financeiro, levantando o quanto ganha, o quanto gasta, o que você tem de bem móveis e imóveis, dívidas etc. Em seguida deverá estabelecer prioridades em seus sonhos e objetivos. Para finalizar deverá guardar parte do que você ganha mensalmente para atender seus objetivos, entre eles pagamento de suas dívidas e buscar seu equilíbrio financeiro e conseqüentemente alcançar sua independência financeira.

Reinaldo Domingos – Educador e Terapeuta financeiro.

Fonte: Administradores | www.administradores.com.br

 

Leave a reply