Inbound marketing – Guia definitivo e como ele pode alavancar a sua marca

Em um mercado competitivo como o nosso é essencial que as empresas procurem formas de incrementar suas vendas.

E o marketing digital vem se mostrando como um grande aliado na busca por esse objetivo.

Em breve veremos os investimentos em marketing on-line superarem os realizados nos meios tradicionais.

Principalmente com a ajuda do inbound marketing.

cento-e-vinte-inbound-marketing (1)Mas o que é inbound marketing?

Se você anda pesquisando sobre como marketing na internet pode ajudar a alavancar os resultados de seu empreendimento, com certeza já se deparou com o termo inbound marketing.

E se você não sabe do que se trata, tudo bem! Afinal, essa não é a sua área de atuação. Além disso, estamos aqui para explicar pra você! J

Antes da era digital, as ações de marketing eram, em sua maioria, marcadas pelo método de interrupção, o chamado outbound marketing.

Por exemplo, quando estávamos vendo nosso programa favorito na TV e, de repente, uma propaganda. Mesma coisa no rádio.

Na rua, nossa visão durante a caminhada é cercada, a depender da cidade (uma vez que em São Paulo, capital é proibida, desde 2007, a propaganda em outdoors, com a Lei Cidade Limpa), por outdoors ou mesmo propaganda em ponto de ônibus, relógio digital e outros meios.

Até hoje somos abordados por panfletistas entregando aquele panfleto ou flyer de alguma loja ou produto.

Essa realidade é, inclusive, reproduzida no marketing digital. E até podemos hoje em dia no YouTube, com propaganda interrompendo nosso vídeo, com a opção de passar aquele filme indesejado após alguns segundos.

Quer saber mais sobre a diferença entre o marketing tradicional e o marketing digital? Veja aqui!

Nos dias atuais, passamos grande parte do nosso tempo no mundo digital. Natural seria se a forma como consumimos também mudasse.

A internet nos mostrou que nós podemos escolher. E, convenhamos, ninguém quer escolher ser interrompido.

Como, então, conseguir atrair, influenciar, converter e fidelizar clientes a sua marca, produto ou serviço?

É aí que entra o inbound marketing!

Fruto do meio digital, ele rompe com o princípio de interromper e passa a trabalhar com a ideia de atrair.

Nele é o cliente que chega até sua empresa, e não o contrário, premissa do marketing tradicional.

Não à toa é muito comum que o inbound marketing seja confundindo com o marketing de conteúdo.

Afinal, a produção de conteúdo de qualidade e relevante é uma das principais ações utilizadas no marketing de atração (inbound marketing).

Os dois devem caminhar juntos, o marketing de conteúdo faz parte da estratégia de inbound marketing e se mostra como excelente alternativa para trabalhar o branding on-line.

Ao oferecer conteúdo útil ao potencial consumidor, sua empresa não apenas cria autoridade como tem as chances de fidelização aumentadas além de criar uma aproximação com seu cliente e estreitar relações.

Para ser efetivo, porém, é preciso contar com estratégias do marketing de conteúdo, como blog post, e-books, webinars, vídeos, podcasts, entre outros, sempre alinhados à persona e à jornada de compras ou mesmo ao funil de vendas.

Assim, você conseguirá ser relevante em todo o ciclo, da atração, passando pela captação leads, nutrição de leads, até a conversão.

Inbound marketing em etapas

Para entender melhor, separamos as etapas do inbound marketing e a importância do marketing de conteúdo para cada uma delas e para o sucesso de suas estratégias.

Tudo vai depender, primeiramente, da definição da persona e de cada etapa do funil de vendas ou funil de marketing que seu lead se encontra e que você pretende atingir.

Atração

Entre os meios que podemos utilizar a produção de conteúdo como uma poderosa prática para atrair e apresentar sua marca ao público se destaca o blog post.

O blog se ajusta a praticamente qualquer persona, além de cumprir papel importante para o SEO de forma a contribuir para o melhor posicionamento de seu site nos buscadores, portanto uma ferramenta obrigatória para o sucesso do inbound marketing.

Veja também como potencializar a sua marca com o blog marketing.

Além do blog, estar presente nas redes sociais e, claro, atualizá-las com frequência é outra importante ferramenta para atração de leads.

Sua marca fica conhecida, se fortalece e você cria uma relação (engajamento) com sua audiência.

Você pode complementar essas ações com links patrocinados.

Conversão em lead

Se o conteúdo apenas atraísse visitantes de pouco seria útil a sua empresa, certo? O que você quer é vender!

Por isso, o segundo estágio é realizar a conversão de leads.

Os leads geralmente estão no segundo ou terceiro estágio da jornada de compras quando já sabem/reconhecem que têm um problema.

É preciso aproveitar essa busca por soluções para capturar mais informações desse potencial comprador.

Uma das formas de realizar essa captura é por meio de uma recompensa digital, que pode ser a disponibilização de e-books ou oferecer webinars. Em troca você disponibiliza um formulário de cadastro, no qual ele preenche com dados pessoais, como nome, e-mail, telefone, cargo etc., por exemplo.

Relacionamento

Após atrair e conseguir os dados de seu potencial cliente é o momento de iniciar um ciclo de nutrição de leads, que serve para aprofundar o relacionamento entre as partes bem como manter o interesse de seu potencial consumidor.

É, inclusive, uma ação de branding, uma vez que irá fortalecer a sua marca perante o seu público.

Ao se manter próximo e útil para o potencial consumidor, maiores serão as chances de que ele se torne seu cliente.

Aqui as ações serão por meio de e-mail marketing, para isso, o ideal é utilizar ferramentas de de automação e de CRM (customer relationship management, que significa gestão de relacionamento com o cliente), como LeadLovers, RD Station, MailChimp, dentre outros.

Vendas

Como dissemos lá em cima, o que você quer com sua estratégia de marketing digital é vender e faturar mais, certo?

Enviar oportunidades e ofertas àqueles que estão em seu ciclo de nutrição de leads é uma das formas de concretizar as vendas.

E é isso que o inbound marketing faz. Ele consegue mapear e segmentar cada prospect por estágio de evolução do funil de vendas e entregar para o setor de vendas aquele mais quente e mais capacitado (pronto) para uma compra.

Análise de resultados

Após esse processo, é hora de analisar os resultados para saber-se o que deu certo e o que deve ser melhorado.

Aqui você também pode utilizar uma ferramenta que ajuda nessa análise sem erros, como o Google Analytics. Com ela você tem dados, como quantidade de acesso, conversões, investimento, páginas mais acessadas de seu site, taxa de rejeição de e-mails, dentre outros.

Se você quer saber mais sobre marketing digital, inbound marketing, marketing de conteúdo e conferir outras dicas relacionadas ao marketing online, continue acompanhando nosso blog!

Que a força esteja com você!

Até a próxima!

Postado por: Cento e Vinte | www.centoevinte.com.br

About the Author

centoevinte
administrator

No Comments

Give a Reply

© Todos os Direitos Reservados à Cento e Vinte - Conversão Digital - 2017.