Que lição de marketing podemos aprender com o Uber?

Quando pensamos nas grandes empresas da atualidade é impossível não citarmos o Uber.

A empresa norte-americana revolucionou o sistema de transporte particular, setor tradicionalmente dominado pelos táxis.

Não, é claro, sem polêmicas e até mesmo, como consequência, ser banido de alguns países, como, por exemplo, na Alemanha.

Seja como for, porém, é inegável que a empresa vem dando uma valiosa lição de marketing que deve ser aprendida por todos, mesmo se sua atividade não tiver a ver com transporte de passageiros.

cento-e-vinte-que-licao-de-marketing-podemos-aprender-com-o-uber (1)Uber e o marketing: encantar é a grande missão

Uma das principais forças do Uber está no sistema de avaliação dos motoristas e passageiros, disponibilizado pelo aplicativo.

Após utilizar o serviço, o passageiro pode, se for de sua vontade, dar uma pontuação de 1 a 5 ao motorista.

Com isso, a empresa possui um feedback imediato daqueles que prestam serviço em seu nome.

E, para manter a qualidade dos serviços, exigem que esses prestadores possuam uma nota mínima, punindo com suspensões e até exclusão os que estão abaixo dessa média.

Essa realidade cria a necessidade de os motoristas estarem sempre pensando em alternativas para encantar e conquistar seus clientes.

O resultado é um processo de melhoria e preocupação contínua com a qualidade do serviço oferecido.

E isso pode ser notado pela limpeza dos automóveis, educação dos motoristas, oferecimento de balas, água, carregador de celular e até mesmo perguntar se o passageiro deseja que seja ligado o ar-condicionado ou de trocar a estação de rádio, dentre outros detalhes.

Essa é uma cultura implementada que acaba por atingir a todos que trabalham com a empresa, que repetem essa ação.

E esse encantamento é uma lição de marketing valiosíssima!

No marketing digital, o encantamento é essencial e deve estar presente em todos os estágios do planejamento, desde e-mails, textos para blog e, principalmente, nas redes sociais com o engajamento com os clientes e possíveis clientes.

E devem ser encontradas também no pós-venda, para garantir que o cliente volte a adquirir produtos e serviços de sua empresa.

Conteúdos que encantam aumentaram satisfação e confiança dos visitantes, além de serem mais compartilhados.

Assim, suas ações serão promissoras para atração e fidelização dos clientes.

Porém, essa não deve ser uma missão exclusiva do marketing digital.

Todos os processos de sua empresa devem buscar esse objetivo.

Especialmente aqueles que lidam com o atendimento ao público, uma vez que possuem uma relação direta com os potenciais clientes.

De pouco adianta você utilizar o marketing digital de forma incrível se na hora que o cliente contatar sua empresa for mal atendido.

Portanto práticas que visem esse objetivo de encantamento devem ser estimuladas.

As startups e novas empresas, como o Uber, já perceberam essa importância. E a sua, quando irá ter o encantamento como cultura?

Gostou deste artigo? Para ter acesso a mais dicas de marketing para seu negócio, acompanhe nossas redes sociais.

Que a força esteja com você!

Até a próxima!

Postado por: Cento e Vinte | www.centoevinte.com.br

About the Author

centoevinte
administrator

No Comments

Give a Reply

© Todos os Direitos Reservados à Cento e Vinte - Conversão Digital - 2017.